Buscar
  • comercial02476

Oneomania, a doença do consumo

Tudo o que você precisa saber sobre o endividamento do consumidor e a solução.

“O impulso exacerbado, doentio, de comprar coisas sem necessitar. Aquele que necessita comprar assim como o dependente químico necessita da droga.”

Gastar muito, comprar compulsivamente são sinais de doença. Estourar o orçamento repetidamente é um vício igual ao alcoolismo. É uma doença denominada: oneomania. Segundo o dicionário Houaiss, seria o impulso exacerbado, doentio, de comprar coisas sem necessitar. Assim como o dependente químico necessita da droga.

O desejo incontrolável de gastar tem tratamento: inclui acompanhamento psicológico e medicação. Mas é fundamental que a pessoa reconheça que está doente e precisa de ajuda. Além de cortar todas as formas de crédito, como cheques e cartões de crédito, o ideal é que alguém da família ou um amigo próximo assuma o controle das finanças do paciente. Embora não exista dados estatísticos sobre a doença no Brasil, ela tem crescido bastante. Já existe até um grupo de auto-ajuda chamado Devedores Anônimos, que segue a mesma linha de atuação do Alcoólatras Anônimos.

Assim como todo dependente, os consumidores compulsivos demoram a admitir seu vício. No caso deles é particularmente difícil porque fazer compras é uma atitude bem vista e até incentivada pela sociedade. A causa do consumo compulsivo é uma conjunção de fatores biológicos e psicológicos. Ao mesmo tempo, com as compras, a pessoa tenta preencher "o buraco" provocado por problemas do dia-a-dia. Oniomania atinge principalmente as mulheres. Compradores compulsivos demoram a assumir seu problema. Assim como todos os dependentes, os compulsivos demoram a assumir seu problema. A idade média de início da doença é aos 18 anos, no entanto o comportamento só é percebido como problemático 10 anos mais tarde. Uma pessoa pode passar anos comprando compulsivamente e adquirindo dívidas de até dez vezes a sua renda mensal, até perceber que sofre de uma doença.

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

APOSENTADORIA: COMO FUNCIONA HOJE?

Qualquer pessoa que esteja prestes a se aposentar ou solicitar uma pensão deve estar atento. A reforma da previdência estabeleceu uma regra de transição automática, que altera o pagamento de benefício

Juros de Veículos: Como diminuir?

Ocorre que muitos bancos aproveitaram essa situação para cobrar juros abusivos. Quando as pessoas percebem, querem saber se é mesmo possível reduzir os juros do contrato. Como identificar um Juros abu

Direito Previdenciário e os Juros Abusivos

Um tema importante, entrelaçado com o direito bancário e o previdenciário, é a discussão sobre os limites dos empréstimos salariais para as parcelas mensais dos benefícios sociais pagos aos aposentado